segunda-feira, 6 de junho de 2016

Revolumização facial: quando e como repor o volume perdido com o passar dos anos?



Um dos principais sinais do envelhecimento facial, além das rugas, é a flacidez cutânea e a perda óssea e das áreas de gordura do rosto. Segundo a Dra. Renata Francesconi, do Instituto da Pelle Campo Grande, “com o passar dos anos, o processo de transformação dessas estruturas, que sustentam e mantêm a tridimensionalidade da face, faz com que o rosto adquira um novo formato. Se quando jovem, ele se assemelha a um triângulo com o seu vértice situado no queixo, na fase madura da vida, a gordura presente nas maçãs desloca-se para baixo, deixando o rosto com um aspecto de cansaço permanente. É quando o triângulo se inverte”.

A dermatologista explica que o primeiro sinal da perda de volume facial, geralmente, apresenta-se através do aumento da distância entre a borda dos cílios da pálpebra inferior até a transição para a bochecha, gerando as temidas olheiras, uma queixa muito comum no consultório. “Esse afundamento da região infrapalpebral pode funcionar como um alerta para que o paciente inicie um tratamento focado na manutenção do contorno facial sob a orientação de um dermatologista. São muitas as técnicas hoje disponíveis, cabendo a este profissional avaliar caso a caso”, recomenda Dra. Renata.

Ela explica que outras regiões que sofrem essa “transformação” com o passar dos anos são aquelas áreas localizadas na parte anterior às orelhas e o terço inferior da face, através do surgimento de sulcos nasolabiais, também conhecidos como ‘bigode chinês’, que conferem um ar triste e envelhecido ao rosto e comprometem também o contorno facial. Segundo a Dra. Renata, isso acontece porque não é só a pele que envelhece, mas também os ossos e músculos. “É como se a pele não tivesse mais onde se ancorar e escorresse pela face”. A médica, no entanto, afirma que é possível devolver a jovialidade da face sem que o paciente fique com um aspecto plastificado e artificial.

Com o avanço da Dermatologia, hoje já é possível melhorar muito os sinais do tempo na pele e adiar um possível lifting facial cirúrgico, valendo-se dos inúmeros procedimentos disponíveis em consultório e da tecnologia, que tem avançado a passos largos nessa área da Medicina.

De acordo com a Dra. Renata Francesconi, a revolumização facial é um deles. O procedimento, realizado em consultório, promove um efeito lifting natural, recuperando o volume perdido e redefinindo o contorno do rosto. Outra vantagem é que ele não tira o paciente da sua rotina, já que o inchaço pós-aplicação é bem discreto. “Trata-se de um procedimento injetável, à base de Ácido Hialurônico, uma substância produzida naturalmente pelo organismo humano, presente sobretudo na pele, e que tem por função reter água e proporcionar hidratação e volume”, explica.

O procedimento é indolor e seus resultados podem durar até 18 meses, podendo variar de paciente para paciente. A revolumização pode ser ainda combinada a outros tratamentos em consultório, como peelings, lasers e aplicação de Toxina Botulínica, para potencializar os resultados.

Serviço | Instituto da Pelle Campo Grande
Passeio Shopping – Rua Viúva Dantas, 100, lojas 232 / 234 – Campo Grande/RJ
Tel.: (21) 2418-8841www.institutodapelle.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Über Fashion

O Über Fashion existe desde 2009 e tem como publisher o blogger Fábio Monnerat.

O blog ainda conta com colunistas convidados.

O blog é indicado pelo EnModa e pelo curso de Fashion Business da FGV-RIO, já promoveu a abertura do verão de Búzios e faz palestras sobre moda masculina e comunicação de moda em todo o Brasil.

Alguns dos nossos parceiros: Handred, Cavalera, Profuse, Divertees, Poggio, Von Der Volke, Natura, Vichy, La Roche-Posay, Couthe, SkinCeuticals, Joias
Coacci, Sobre Barba,

Sua marca no Über, escreva para: ubermcom@gmail.com

Follow by Email