sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

Grooming: Ensolei ganha versão antioxidante e com cor e FPS90

Linha de dermocosméticos do Aché Laboratórios aposta em antienvelhecimento e alta proteção com cor de base


O verão 2016 promete ser um dos mais quentes de todos os tempos no Brasil. E, como todo mundo sabe, a pele precisa de uma proteção global e de longo alcance, nos 365 dias do ano. Afinal de contas, a proteção solar é a primeira aliada de uma pele linda, jovem e saudável.Profuse, linha de dermocosméticos do Aché Laboratórios, lança duas novidades em filtros solares. Ensolei AOX FPS 30 é proteção solar com ação antienvelhecimento, enquanto Ensolei Extreme Color FPS 90+ alia alta proteção com cor de base. E ambos, além de todos esses benefícios, oferecem textura agradável e de rápida absorção e aderência.

ENSOLEI AOX FPS30


Mais do que um protetor solar, Ensolei AOX FPS 30 é ação global antienvelhecimento. Além de seu poder antioxidante, o produto tem ação hidratante, antiglicante e calmante graças a seus ativos Carnosina, Ácido Hialurônico associado ao Silício Orgânico e Alfa-Bisabolol. Ensolei AOX PFS 30 tem ainda a melhor textura sérum em protetor solar, com absorção ultrarrápida. Ideal para todos os tipos de pele, especialmente as mistas e oleosas, por sua leve textura sérum oil-free.

Preço médio sugerido: R$ 64,90*


ENSOLEI EXTREME COLOR FPS 90+

Alguns tipos de pele ou condição temporária precisam de um protetor solar potentíssimo: as sensíveis, as intolerantes ao sol, no pós-procedimento, com melasma ou aquelas claras. Mas, em geral, os filtros com FPS muito alto costumam ter cosmética pesada. Ensolei Extreme Color FPS 90+ traz textura gel-creme que garante uma excelente cosmética para todos os tipos de pele. Além disso, a presença da Carnosina (antiglicante e antioxidante) e da Vitamina E (antioxidante) também garantem ação antienvelhecimento. O produto tem ainda tecnologia color adapt com cobertura natural para todos os tipos de pele, das mais brancas às negras.

Preço médio sugerido: R$ 71,62*


*Pelo Cuidados Pela Vida, programa de benefícios exclusivo do Aché, os produtos têm 10% de desconto em redes parceiras.


Sobre Profuse

Profuse é a marca de dermocosméticos que traz em seu DNA toda a experiência do Aché Laboratórios Farmacêuticos. Produtos desenvolvidos com a excelência de um laboratório farmacêutico e eficácia comprovada por rigorosos estudos clínicos. Formulados em parceria com dermatologistas, seus produtos têm texturas especialmente desenvolvidas para diferentes belezas e tipos de pele.

Sobre o Aché Laboratórios

O Aché é uma empresa 100% brasileira, com mais de 45 anos de atuação no mercado farmacêutico. Conta com três complexos industriais, um em sua sede, em Guarulhos (SP), e outro em São Paulo, capital, e participação acionária de 50% na Melcon, em Anápolis (GO), além de cerca de 3,9 mil colaboradores e uma das maiores forças de vendas do segmento no Brasil. Para atender às necessidades dos profissionais de saúde e consumidores, o Aché oferece um portfólio diversificado com mais de 280 marcas em 695 apresentações de medicamentos sob prescrição, genéricos e MIP (isentos de prescrição), além de atuar também nos segmentos de dermatologia e nutracêuticos. Ao todo, são 132 classes terapêuticas e 17 especialidades médicas atendidas. Recentemente, com a criação da Bionovis, passou a atuar em Biotecnologia. No mercado internacional, exporta para 12 países das Américas e África. Em 2012, a agência classificadora Fitch elevou o rating da Companhia para AAA em escala nacional e BBB internacional – além da concessão de rating pela agência Standard & Poor’s, com notas AAA em escala nacional e BBB- em escala global.

CAC Aché 0800 701 6900

Saiba mais sobre Profuse pelo site e conecte-se às redes sociais da marca:

Rio 2016 lança linha de óculos com OAKLEY


Em 2016 todos os olhares estarão voltados para o Brasil. E para celebrar esse momento em grande estilo, o Comitê Organizador dos Jogos Rio 2016 se une a Oakley para lançar a linha de óculos Rio 2016, com modelos inspirados nos esportes Olímpicos e Paralímpicos e nas paisagens icônicas do Rio de Janeiro. Chainlink, Sliver, Crosslink e Flak 2.0 são as quatro primeiras de uma série de armações originais e superexclusivas, disponíveis nas O-stores e nas lojas oficiais Rio 2016. 

Para deixar todo mundo confortável na hora da torcida, Chainlink e Sliver são opções ideais. O primeiro foi desenvolvido especialmente para quem vive o surf style além do esporte; já Sliver, com visual de titânio, proporciona o conforto, a funcionalidade e a resistência do NanOmatter™. 

Com a armação leve e resistente de O Matter™, o Crosslink é o modelo de óculos de grau ideal para estilos de vida ativos. A armação possui um revestimento mais elevado do que as tradicionais, além de uma cobertura adicional que proporciona aderência total e maior conforto.

O Flak 2.0 é a releitura do modelo Flak XL e traz armação de tamanho padrão com uma cobertura de lente maior e cada milímetro da visão periférica otimizado com a tecnologia HDO (High Definition Optics). Isso tudo em um design leve e durável, que eleva o desempenho a um nível superior e agrega estilo para a prática de esportes de performance.

Para completar, todos os modelos da linha Rio 2016 vem acompanhados de uma microbag inspirada nas melhores paisagens da Cidade Maravilhosa. 

quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

Sabe qual a marca de tênis preferida da semana de moda de Paris?



Na atual temporada de desfiles de moda masculina, os tênis seguem como a principal escolha dos fashionistas. Muitos Nikes, Raf Simons, Y-3, Reebok, Converse... Mas a marca com maior destaque foi a adidas - impressionante como a marca está com modelos incríveis - mais que merecido o primeiro lugar. 

Fábio Monnerat

Footwear: A história por trás do Air Force 1 Ultra Flyknit

 Após 34 anos do lançamento original e 2.000 edições diferentes, o Air Force 1 começa um novo capítulo.


O AIR FORCE 1 MAIS LEVE DE TODOS

Passados 34 anos do lançamento do modelo original e 2 mil edições diferentes, o Air Force 1 continua sendo uma das silhuetas mais inconfundíveis da Nike. O tênis se transformou num ícone cujas raízes estão intimamente ligadas ao basquete, e cujo visual ganhou status de lenda na cultura do streetwear. Com seu design icônico, ele representa uma ótima oportunidade para reimaginar novas visões de um clássico.

Foi assim que os designers da Nike se desafiaram: transportar esse ícone para o futuro sem perder de vista a história, o uso e o simbolismo do modelo. A ideia era unir a silhueta original ao Flyknit – material leve e ventilado. O processo, porém, não foi necessariamente intuitivo.


Tudo começou com passeios de até 12 horas dos designers da Nike Sportswear, pelas ruas de Paris, durante o verão. Depois dessas rodadas de inspiração, eles concluíram que seria possível tornar o tênis mais leve e flexível – aprimorando o caimento e reduzindo as dobras e rugas do material na região dos dedos.

Os designers sabiam que seria necessário encontrar uma solução capaz de preservar a essência do Air Force 1 original. Jonathan Johnson Griffin, Diretor de Design da Nike Footwear, colocou mãos à obra: colou um cabedal de flyknit cinza escuro em um protótipo da sola do Air Force 1, criado em impressora 3D. Depois usou uma canetinha preta para colorir o Swoosh e a sola.




Esse modelo Frankenstein, criado por Griffin, mostrou-se imediatamente certeiro: ele preservava a integridade do calçado tradicional e acrescentava o conforto do Nike Roshe One. A equipe de design criou então um "boneco" do tênis, usando material Flyknit multicolorido. E assim começou oficialmente o desenvolvimento do Air Force 1 mais leve de todos os tempos, numa colaboração entre engenheiros de calçados, desenvolvedores, engenheiros de lastro, programadores Flyknit, designers especializados em 3D e gerentes de linha de produto.

Desde o início a equipe insistiu em manter os círculos concêntricos presente na sola do original, bem como a palavra Air. Nas letras, eles optaram por não utilizar o alto-relevo; decidiram usar injeção de borracha, e não de poliuretano, para que o tênis ficasse mais leve. O grupo também foi categórico na escolha de manter as 52 estrelas na área que reveste a região dos dedos.


Ao aplicar o material Flyknit, a equipe projetou as estruturas e texturas exatas para manter o formato do Air Force 1 original. Eles não abriram mão de preservar o antigo visual da biqueira, do cabedal e da faixa na parte dianteira do calçado, bem como dos furos para ventilação na região dos dedos. Para tanto, eles programaram fios mais grossos e firmes na ponta elevada, e palmilha com ondulações. O resultado não é apenas o Air Force 1 mais leve de toda a história do modelo, – com aproximadamente metade do peso do original – mas também o primeiro tênis Flyknit a trazer um Swoosh feito de couro.

O Air Force 1 Ultra Flyknit já está disponível na Nike.com/Techbook, e pode ser encontrado em Nike.com a partir de 28 de janeiro e em lojas selecionadas a partir de 04 de fevereiro.

Dreamakers recepciona Istituto Marangoni no Brasil


O Istituto Marangoni, uma das principais instituições de ensino de Moda e Design no mundo, com sedes em Paris, Milão, Florença, Londres e Shangai, chega ao Brasil no final do mês março como uma das principais atrações do 1º Congresso Internacional de Economia Criativa que acontecerá no Chilli Beans Fashion Cruise.

Organizado pela Agência Dreamakers - representante oficial da escola no país - o cruzeiro, que este ano será a bordo do MSC Splendida, reúne moda, arte, música, workshops, palestras e intervenções exclusivas, com a presença de grandes nomes da moda brasileira como Alexandre Herchcovitch e Dudu Bertholini.

Com mais de 80 anos de história, o tradicional Istituto Marangoni, também conhecido mundialmente por formar estilistas como Franco Moschino e Domenico Dolce, além de colaborar diretamente para a história da moda contemporânea, trará uma programação extensa que inclui gestão de marketing de moda, organização de eventos, campanhas de moda e publicidade, finalizando programa dirigindo um editorial de moda realizado pelos estudantes com as marcas participantes do evento. 

Este ano, a Dreamakers convidou dois importantes nomes do Istituto para participarem do Congresso - Filippo Piccardi, líder do programa Fashion Styling de Londres, e Dario Golizia, líder do programa Fashion Business de Milão. 

A abertura do 1º Congresso Internacional de Economia Criativa acontece no dia 31 de março na Livraria Cultura, localizada no Conjunto Nacional, na Avenida Paulista, em São Paulo, com a participação do Istituto e a presença de docentes que apresentam o tema aos participantes que embarcam no Chilli Beans Fashion Cruise.

A escola ainda fará parte de uma banca julgadora que irá premiar com um curso de férias com tudo pago na Europa, o melhor participante do Concurso Fashion Film, também promovido pela Dreamakers, que terá sua final apresentada em alto mar durante o evento.

Este grande encontro de economia criativa em alto mar partirá do porto de Santos, São Paulo, em 1º de abril de 2016 e tem quatro dias de duração, unindo moda a grandes atrações musicais, batalha de artistas, cinema e muita interatividade num cenário de tirar o fôlego. 

Na última edição, cerca de 3.000 pessoas subiram a bordo do Chilli Beans Fashion Cruise e puderam desfrutar de uma agenda rica em conteúdo e diversão. 

A reserva de cabines pode ser feita através da Dreamakers Travel Experiences & Fashion Tours, operadora oficial e idealizadora do Fashion Cruise. Para saber mais sobre preços e pacotes: reservas@dreamakers.com.br ou pelo telefone (11) 3624-0090.


Dreamakers
Após anos de experiência na área de turismo, eventos e educação internacional, a empresária Carla Kiyokawa Wolff, 35, decidiu abrir a própria agência para atender uma demanda nova com projetos inovadores. Foi assim que nasceu a Dreamakers, única empresa do segmento de turismo especializada em moda e economia criativa, que além de representar no Brasil as maiores escolas de moda, arte e design do mundo, desenvolve fashion tours e circuitos exclusivos para grupos de estudantes e empresários do segmento. 

Em seu primeiro ano de atuação, a CEO da Dreamakers foi convidada pela MSC Cruzeiros para desenvolver um projeto de cruzeiro temático. "Foi quando idealizei o primeiro Fashion Cruise, que hoje está em sua sétima edição, e que nos abriu ainda mais portas para continuar desenvolvendo um trabalho mais segmentado", destaca Carla.

Formada em Turismo pela Anhembi Morumbi, Carla também é pós-graduada pelo Senac em Planejamento e Marketing Turístico e em Docência em Turismo e Hotelaria para o Ensino Superior. Atualmente, a CEO assumiu mais uma etapa em sua vida acadêmica com um programa de mestrado em Hospitalidade na Anhembi Morumbi, onde também é pesquisadora de economia criativa. 

Toda esta bagagem profissional e acadêmica é direcionada aos clientes da Dreamakers e nos projetos assumidos pela empresa, que conta com uma orientação exclusiva e personalizada, com a experiência da direção de mais de quinze anos de consultoria em educação internacional, viagens e eventos, para que o roteiro desenvolvido seja feito de maneira eficaz e segura. 

Para os programas de qualificação profissional do exterior, uma de suas especialidade, a agência oferece toda assessoria para escolha da escola e curso mais adequado ao perfil do estudante ou do grupo. "Contamos com o máximo de informações sobre os países e as cidades que irão visitar, a moeda local, clima, cultura, costumes, atrações, vistos e também as mais variadas acomodações de acordo com o perfil do viajante para sua permanência no exterior", explica a CEO.

A Dreamakers travel experiences & fashion tours além de seu uma operadora de turismo, que dá toda consultoria necessária para viabilizar o roteiro de interesse do cliente, com emissão dos bilhetes aéreos, seguro de viagem e tours pelo destino visitado, que acabam complementando o roteiro de viagem.

Montblanc Celebra 110 Anos com Edição Limitada de Relógio de Bolso

O tradicional relógio-pocket ganha versão em ouro branco acrescida de uma grande complicação: o turbilhão cilíndrico, que aumenta a precisão 

Nada como surpreender com um lançamento que expressa a mais alta expertise relojoeira com refinamento luxuoso. É o que está fazendo a Montblanc, para celebrar seus 110 anos de fundação. A Maison escolheu homenagear a era de ouro das viagens através do Oceano Atlântico e a máxima precisão de cronômetros marítimos ? símbolos do espírito pioneiro que tem guiado a companhia desde a sua fundação - com uma edição limitada a oito peças do Montblanc Coleção Villeret Tourbillon Cylindrique de Bolso Edição 110 Anos. Como os cronômetros marítimos revolucionários que nortearam os navegadores através do oceano um século atrás, esta edição limitada ??amplia os limites de alta relojoaria, combinando o máximo desempenho com a melhor estética artesanal, incluindo gravações e pinturas esmaltadas Grand Feu feitas à máo. 

O relógio de bolso Montblanc Villeret Tourbillon Cylindrique 110 Anos apresenta algumas das complicações mais inovadores da relojoaria, incluindo um turbilhão com espiral cilíndrica, uma indicação de fuso horário triplo, e uma exibição de hora mundial com ambos os Hemisférios Norte e Sul. A escolha de oito peças para a limitação é em referência ao ano da Manufatura Montblanc de Villeret, a antiga Manufatura Minerva, fundada em 1858. 

O Turbilhão Com Espiral Cilíndrica

Por mais de um século, cronômetros marítimos com espirais cilíndricas representaram a mais alta precisão e confiabilidade, mesmo na mais violenta das tempestades. Embora muito mais complicada de produzir, a sua precisão durante longos períodos de tempo tornou-se um elemento essencial da navegação e sobrevivência no mar, permitindo aos marinheiros determinarem a sua longitude exata em qualquer dado momento. 

Hoje, as espirais cilíndricas continuam a significar máxima precisão. A exemplo de uma mola de balanço convencional, uma mola de balanço cilíndrica é um fio metálico enrolado de forma concêntrica e elástica. No entanto, em vez de ser enrolada em torno de si mesma, as suas voltas individuais são de diâmetro igual e são enroladas uma por cima da outra. Isto elimina a ligeira excentricidade do centro de gravidade.

O desafio para os relojoeiros da Montblanc na fabricação deste balanço foi miniaturizar a espiral cilíndrica, que era, obviamente, muito maior e mais alt em cronômetros marítimos tradicionais. No entanto, graças à perícia dos especialistas da Manufatura Montblanc Villeret foi possível não só fabricar uma miniatura de mola cilíndrica do balanço, mas também incluir duas curvas terminais Phillips. Estas curvas para cima em cada extremidade da mola melhoram significativamente a regularidade da respiração da mola de balanço, aumentando assim ainda mais o isocronismo, o que resultando em maior precisão. 
Poucas manufaturas hoje em dia têm o know-how e habilidade para fabricar as suas próprias rodas de equilíbrio e espirais, como a Montblanc. É graças aos 158 anos de expertise da Maison em alta relojoaria que foi possível desenvolver uma esta espiral cilíndrica tão técnica para a Montblanc Coleção Villeret Tourbillon Cylindrique Pocket Watch 110 Anos Edição de 8 peças. 


A Indicação de Fuso Horário Triplo

O calibre de corda manual com turbilhão de 1 minuto MB M 68.40 - com seus 281 componentes (91 componentes para o turbilhão cilíndrico e 77 para a complicação de hora mundial) e reserva de marcha de 48 horas - apresenta uma série de funções sem precedentes, incluindo uma indicação de zona de tempo tripla. O horário local é representado por dois ponteiros de ouro rosé 18K e o tempo de casa (a cidade de residência do usuário) é indicado por um ponteiro na forma flor-de lis que desliza em torno de uma bússola tridimensional de 12 horas localizada na posição ?12? horas. Para indicar a hora mundial, um par de globos tridimensionais representam os 24 fusos horários nos Hemisférios Norte e Sul, juntamente com a passagem dos dias e noites.

A indicação de hora mundial 24 horas e os indicadores dia/ noite fazem uma rotação completa em 24 horas ao redor dos globos fixos. O disco para o Hemisfério Norte gira no sentido horário, onde o seu homólogo no Hemisfério Sul se torna anti-horário. Esta configuração permite uma visualização instantânea do dia e noite em ambos os lados do mundo. Com o auxílio dos meridianos de longitude, o usuário pode ler a hora atual em qualquer parte desejada do mundo, seguindo o visor de hora mundial 24 horas sobre os dois discos.

Operando o Relógio de BolsoOs indicadores do relógio de bolso Montblanc Coleção Villeret Tourbillon Cylindrique Edição 110 Anos ? Limitada 8 peças podem ser ajustados através da coroa e dos dois corretores que estão localizados no flanco da caixa às ?2? e ?10? horas. Depois de puxar a coroa para fora, o proprietário pode definir o horário local e, simultaneamente, ajustar a exibição de hora mundial nas escalas de 24 horas dos dois globos. 

Os corretores correspondentes na caixa são utilizados para o ajuste fino do horário local no centro e o tempo de casa (hometime) na bússola localizada às ?12? horas, que funciona junto com o horário local. Uma vez que todos os indicadores foram corretamente sincronizados, uma nova hora local em um fuso horário diferente pode ser definida simplesmente pressionando o corretor loalizado em ?2? horas. Este corretor avança apenas o ponteiro das horas em incrementos de uma única hora. Isto não afeta os minutos, que são mostrados partir do centro do mostrador, nem altera o tempo de casa às ?12? horas ou os dois displays ao redor dos globos. Ao viajar, o usuário só tem de pressionar o corretor em ?2? horas até que o novo fuso horário local seja atingido, sem afetar as outras indicações. Esta correção simples permite que o usuário leia a hora local no centro, o tempo de casa na bússola às 12 horas, e o tempo em qualquer outro lugar no mundo, simplesmente olhando para os dois discos de 24 horas ao redor dos hemisférios.


A Estética do Mostrador

Construído em partes diferentes e em diferentes níveis, o sofisticado mostrador apresenta uma série de decorações artesanais tradicionais. Começando com o turbilhão às 6 horas, esta intrincada alta complicação chama a atenção para o relógio, graças ao seu arco tridimensional e turbilhão com pontes convexas, que são ligeiramente curvadas para coincidir com os contornos dos globos. É preciso mais do que duas semanas apenas para polir manualmente o bezel e o topo da ponte de aço inoxidável, uma arte que apenas alguns relojoeiros ainda realizam atualmente de forma artesanal. Um pedaço de aventurine fornece um cenário dramático para o turbilhão, acentuando a sua presença ainda mais. E os detalhes não param por aí: por trás da gaiola do turbilhão, Montblanc decidiu decorar o prato principal com um padrão circular granulado tradicional, um know-how raro, que ainda é feito à mão na Manufatura Montblanc em Villeret usando métodos tradicionais. 


Os dois hemisférios também são de particular interesse, uma vez que foram criados usando uma combinação de gravura e pintura em miniatura que mostra os continentes em relevo com seus contornos, fronteiras, longitude e latitude, mares e oceanos. Os nomes das 24 cidades em ambos os Hemisférios (Norte e Sul) são indicados em um flange de cúpula que rodeia o mostrador, juntamente com uma faixa precisa de minutos embelezada com índices, losangos e triângulos aplicados, banhados a ouro rosé. Outras características notáveis ??incluem uma bússola tridimensional de 12 horas feita de quatro partes de ouro rosé 18K chanfradas a mão que indicam o tempo de casa (hometime) com um ponteiro azulado flor-de-lis, e ponteiros de horas e minutos de ouro rosé 18K que indicam a hora local.


O Movimento

A arte do gravador continua na parte de trás do movimento de corda manual calibre MB M 68.40, que está em exibição plena no verso da grande caixa. A mesma experiência de gravura manual é utilizada nas pontes artesanais que também foram decoradas com este padrão de onda. As ondas que decoram a parte inferior do movimento são relativamente calmas, mas eles ficam cada vez mais agitadas em direção ao topo do calibre, prestando homenagem ao pioneirismo dos navios a vapor que cruzaram o perigoso oceano Atlântico no início do século 20. O movimento de corda manual é decorado ainda com uma placa principal horizontal acetinada, pontes tradicionais, que apresentam a forma pomme, ângulos internos, lapidação requintada, um selo com o número do calibre gravado à mão decorado com esmalte preto, e uma lingueta de espelho polido com a seta Minerva acabada à mão -tudo isso ampliando os limites da estética relojoaria tradicionais. Detalhes da Caixa



A caixa de puro branco polido com 60 mm também é uma obra de arte com a sua forma de calhau, que é uma reminiscência dos requintados relógios do início do século 19. A manilha de cinco lados corresponde ao desenho da fixação da corrente de ouro branco 18K e cada elo da corrente apresenta o "M" de Montblanc em um design elegante de refinamento estético. Na caixa, esmalte Grande Feu preto destaca os numerais romanos para o máximo de legibilidade, enquanto outro esmalte Grande Feu preto decora o verso da caixa. A arte de esmaltagem na relojoaria remonta ao século 17 e foi usada historicamente na Manufatura Minerva para os mostradores de seus cronômetros e cronógrafos. O uso de esmalte preserva este ofício raro que requer o domínio de talentos artísticos altamente desenvolvidos e habilidades técnicas. Completando a caixa está uma tradicional coroa de ranhuras com um emblema Montblanc em relevo às 12 horas. O número da limitação da edição aparece no verso da caixa, gravado à mão, como uma referência a esta edição limitada altamente exclusiva.


Moda masculina: Royal Oyster Club primavera-verão 2016




O cenário urbano de Los Angeles, uma das cidades com maior cultura street do mundo, foi o local escolhido pela Royal Oyster Club para fotografar a nova campanha de primavera-verão 2016.

Clicado por Eric Curtis, com direção de Livia William Sanford, styling Neenah Tran e Saleena Hope e beleza de Lori Matsushimo, o shooting aconteceu nos pontos turísticos mais icônicos da cidade, como o Disney Concert Hall, Edson Bar e Los Angeles River.

Além da linguagem urbana, que segue a temática da marca, a coleção parte do termo: “take a stand”. “É posicionar-se em frente a uma situação, é ter opinião própria”, afirma Mario Turco, fundador da marca. A coleção é composta por oito estampas em preto, branco e alguns detalhes em ocre, e algumas surpresas com edições limitadas.

A atenção aos pequenos detalhes e acabamentos, o uso de materiais altamente selecionados e a criação de peças livres de excessos, únicas e exclusivas, são alguns dos diferenciais da ROC, que visa respeitar e incorporar as particularidades e gostos do seu público-alvo, que são homens e mulheres que buscam qualidade, estilo e atitude independente.

Para conhecer mais sobre a marca, acesse o site: www.royaloysterclub.com

Catherine McNeil e Anastasia Khodkina em "Devil In The Flesh" por Greg Kadel

Numéro 170 February 2016
Photographer: Greg Kadel
Models: Catherine McNeil and Anastasia Khodkina
Stylist: Bill Mullen
Hair: Neil Moodie
Makeup: Mariel Barrera

quarta-feira, 27 de janeiro de 2016

Über Fashion

O Über Fashion existe desde 2009 e tem como publisher o blogger Fábio Monnerat.

O blog ainda conta com colunistas convidados.

O blog é indicado pelo EnModa e pelo curso de Fashion Business da FGV-RIO, já promoveu a abertura do verão de Búzios e faz palestras sobre moda masculina e comunicação de moda em todo o Brasil.

Alguns dos nossos parceiros: Handred, Cavalera, Profuse, Divertees, Poggio, Von Der Volke, Natura, Vichy, La Roche-Posay, Couthe, SkinCeuticals, Joias
Coacci, Sobre Barba,

Sua marca no Über, escreva para: ubermcom@gmail.com

Follow by Email